top of page
  • Foto do escritordagopaulor

O dia que acordei cego

Ouça o texto, nesse áudio:


 

O grande susto da minha vida foi acordar cego em plena sexta-feira, quando estava a trabalho, ajudando uma empresa em seu dia a dia.


Acordei pensando que seria algo passageiro, mas não foi. Durou um dia inteiro, e não estava sentindo nenhuma dor. Achei tudo muito estranho.


E a noite estava chegando, os trabalhos para um evento muito importante para a empresa onde eu estava trabalhando estavam chegando, e estávamos correndo contra o tempo. E meu olho ainda não havia voltado.


Praticamente não conseguia enxergar, de forma que não conseguia ver nada, somente pontos de luz.


Para entender melhor o que estava vendo com meu olho esquerdo, vou colocar uma imagem abaixo para entender. Era como se eu tivesse um grau de 20.




Exatamente assim que estou enxergando as coisas. Cego, não consigo enxergar um palmo de distância. Mas eu sou guerreiro, isso não vai me afetar e vamos para o jogo.


Se estou enfrentando isso é porque fui escolhido para superar mais esse desafio. E que eu já passei por isso, mas não lembrava o quão ruim era. Trabalhei a minha fé, meu espírito para não cair no desespero, porque esse era o meu pior. Foquei no meu trabalho.


Esperei um dia para ver se a visão voltaria, mas nada. Como estava em um interior, Canoa Quebrada - CE, um lugar com 3 mil habitantes, já deu para perceber que não tinha médico.


No dia do evento que estava acontecendo em Aracati, que é próximo da cidade e tem mais gente, fui no atendimento rápido para que o médico desse uma olhada, mas logo de cara ele não pôde ajudar em nada, porque não tinha hematomas.


Fiquei apreensivo, mas minha fé é maior e isso é passageiro.

Passei os dias com o olho até chegar segunda-feira, quando fui ao médico. Ele olhou e falou coisas absurdas, como se eu tivesse uma doença e que eu deveria fazer alguns exames de córnea e verificar o quanto antes.


Uma curiosidade: o médico que fez meu atendimento me cobrou X valor, mas ele viu minha situação e falou um monte de coisas. Contei a minha história, que sou um viajante, e não sei o que deu nele, mas ele me devolveu o valor. Foi muito engraçado. Ele falou para a secretária: "Devolve o valor para ele, por favor". Eu não entendi nada, mas ela devolveu. Não entendi, mas ele fez o trabalho dele e ainda me deu uma receita para fazer o exame.


Mas como assim? Todos os anos faço prevenção na minha cidade e do nada isso aparece. Isso está errado. Como já estava com a viagem marcada para Natal, fui marcar um médico particular em uma clínica renomada. A Prontoclínica de Olhos, clínica oftalmológica de maior referência no Noroeste do Estado, oferece tecnologia de ponta para a realização de exames e cirurgias.


Então fui lá, apreensivo e imaginando o que poderia ser. Mas Deus está comigo e sempre vai estar. Ele vai me ajudar.


Cheguei no local, um hospital lindo. Pensei que iria pagar X valor na consulta, mas a secretária me deu um conselho: "Olha, faça uma consulta que já está incluso o diagnóstico. Essa sua receita não vai precisar." Ok, segui o que ela me orientou e paguei somente a metade.


Fui atendido e falei para o médico que já tinha feito uma cirurgia no olho, mas não sabia qual. Então ele analisou e verificou.


Fez exames e concluiu: "Sua lente saiu do lugar". Bum! A bomba explodiu: "Como assim? Isso mesmo, você está com o olho saudável, mas sua lente saiu do lugar."


Até mesmo falei para ele que por isso estava vendo uma coisa no meu olho. Pensei que era uma veia com sangue coagulado, mas não é. É a ponta da lente.


Então o médico começou a conversar comigo: "Olha, eu sei que você está no auge da sua vida, viajando muito, procurando seus sonhos e muito mais. Mas a partir de hoje, você parou a força. Sim, você tem que voltar para sua terra e resolver isso."


Aqui para mim acabou, meu chão desabou. Tudo que estava organizado, veio ladeira abaixo. Um sonho, uma realização, tudo parado para resolver minha situação. MEU DEUS!"


Quase chorei! Mas se estou passando por isso, é por algum motivo e Deus está comigo, e eu vou superar isso.


Aí falei para o médico: "Poderia fazer um orçamento para mim e ver o valor de quanto ficaria?" Ele respondeu: "Sim, claro. Mas não é sobre o valor e sobre a sua recuperação. Você precisa de uns 30 dias para recuperação. Você precisa da sua família." Isso mexeu comigo.



O orçamento chegou, e o valor de 28 mil reais me deixou pasmo. Realmente preciso voltar para casa.


Voltando para o meu local de hospedagem, com o olho dilatado, tive dificuldade de enxergar. Então, fui ao ponto de ônibus e pedi ajuda às pessoas para que me avisassem quando o ônibus chegasse. E, enquanto voltava, refleti sobre tudo.


Tantas coisas vivi, tantas pessoas boas passaram por mim, tantas coisas boas fiz. Fico feliz por tudo e sou grato por tudo.


Mas chegou a hora de voltar. Não como eu queria, mas chegou. Até mesmo tudo que fiz até hoje na estrada não foi controlado por mim. Deus sempre fez minha trajetória, meu caminho. Só uma coisa eu controlei: o dia em que iniciei essa maratona de mais de 200 dias. Depois do dia primeiro, nada estava em minha mão. Nada foi planejado. Sim, nada. Tudo estava sendo feito por Deus. Onde eu pisava, pedia a Deus suas bênçãos e permissão para que me defendesse e estivesse sempre comigo.


Peço também gratidão às pessoas que estiveram comigo, mesmo distantes: amigos, família, tios, pais e conhecidos. Todos eles foram muito importantes nesta minha caminhada.


Compro minha passagem de volta para Goiânia - GO. Aviso para as primeiras pessoas, meus pais. Eles ficam muito felizes. E eu, acreditando que sim, tem alguma coisa por trás disso, acredito que sim, é o melhor que tem que ser feito. E que não vou lutar contra essa onda, porque é mais forte do que eu.


Comecei a avisar aos amigos e pessoas próximas. A maioria já estava sabendo e ficou muito feliz. A felicidade deles me contagiou, mas não era assim que eu queria voltar, com um problema de saúde. Triste, mas vamos resolver.


Fui fazer a reserva do meu voo e descobri que ele havia sido cancelado. Mais um problema para resolver. Tenha calma, Dago, e vamos focar na solução.


Alguns dias depois, recebi a nova passagem, para o mesmo dia.


Conclusão:

Pense no que Deus faz. Quem pode endireitar o que ele fez torto? Quando as coisas correrem bem, fique contente; quando as dificuldades chegarem, lembre disto: é Deus quem manda tanto a felicidade como as dificuldades, e a gente nunca sabe o que vai acontecer amanhã. A minha vida tem sido uma ilusão, mas nela eu tenho visto de tudo. Há pessoas boas que morrem, e há pessoas más que continuam a viver a sua vida errada. Por isso, não seja bom demais, nem sábio demais; por que você iria se destruir? Mas também não seja mau demais, nem tolo demais; por que você iria morrer antes do tempo? Evite tanto uma coisa como a outra. Se você temer a Deus, terá sucesso em tudo. A sabedoria pode fazer mais por uma pessoa do que dez prefeitos juntos podem fazer por uma cidade.

84 visualizações4 comentários

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page